Notícias
Estação Reciclar: Empreendedorismo que transforma lixo em dignidade
01/12/2016
Empreendimentos

Estação Reciclar: Empreendedorismo que transforma lixo em dignidade

Reciclar é transformar, é evitar o desperdício e potencializar a utilidade não só de objetos usados, mas a vida dos profissionais que trabalham com esse material. Foi com essa certeza que o ISES se uniu ao Instituto Camargo Correa e à Caramuru Alimentos na Estação Reciclar, projeto que tem como objetivo fomentar o empreendedorismo social com a qualificação e geração de renda dos catadores de material reciclável do município de Itumbiara (GO).

A Associação de Catadores de Material Reciclável da cidade goiana já contava com a parceria da Caramuru Alimentos, empresa processadora de grãos que cedeu um amplo galpão aos catadores.  Com um local com capacidade para receber uma quantidade maior de material coletado faltava um investidor e uma entidade com experiência para dar suporte à gestão do empreendimento. Foi nesse momento que o Instituto Camargo Correa, realizador do projeto, e o ISES abraçaram a ideia.

Nesse projeto o ISES colabora com o desenvolvimento de negócios por meio da aquisição de novos equipamentos, suporte para uma gestão de resíduos mais eficiente, incentivo de novas parcerias e o aumento da rentabilidade. No início, o trabalho do ISES começou com apenas dois catadores e hoje conta com uma equipe de dez profissionais fazendo a coleta do material reciclável e uma renda média por catador no valor de R$ 1.379,00. São números expressivos que mostram que o projeto melhorou a vida dos catadores e aumentou a renda desses trabalhadores.

A Estação Reciclar teve início em 2014, mas o trabalho do ISES com grupos de catadores de material reciclável é desenvolvido há mais de 10 anos. Atualmente, 15 associações e cooperativas são beneficiadas em diversos projetos em todas as regiões do Brasil.

Compartilhe essa página
Notícias Relacionadas
Lorem ipsum dolor sit amet